"Na terra dos sonhos podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal..."

.posts recentes

. A vida em tempestade

. "Gato Esteves"

. Voei

. A Existência

. Férias

. Próxima paragem... Beja!

. O teu bem faz-me tão mal

. Estrutura monolítica das ...

. Humana vontade

. Não quero

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.favorito

. Perfumes

. "A nossa única riqueza é ...

. Caeiro e eu

. Porque...

. Amizade - o que é?

. Há coisas que nunca mudam

. Fazer o impossível

. Os direitos inalienáveis ...

. A nêspera

. Casamento

Quinta-feira, 16 de Julho de 2009

Voei

Porque és tão burra?

Porquê?

 

Sou mesmo a burra de serviço...

E otária também.

 

Quem me mandou confiar que as pessoas têm princípios.

Realmente ainda vivo no Mundo do Pai Natal.

Na Utopia que não existe.

 

Só me apetece desaparecer daqui para fora.

Como diria um título de um livro:

"Se perguntarem por mim, digam que voei."

E que não volto mais,

Nunca mais.

Pelo menos a estas paragens.

publicado por coisasquetais às 13:31
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 14 de Julho de 2009

A Existência

 

"Começou a convencer-se de que o mundo não tinha significado nem propósito; existia simplesmente, com desprendimento, alheio ao espantoso sofrimento que as suas regras implacáveis ditavam.

 

Cada vida é uma tragédia imensa para quem a vive, mas cruelmente insignificante à escala do universo. Os seres vivos sofrem e o mundo mostra-se estranho a esse sentimento, encarando-o com indiferença, aceitando-o como fazendo parte da ordem natural das coisas, como se a dor fosse o motor da existência, a iniquidade o seu preço.

 

Cada desejo procura satisfação, cada obstáculo gera sofrimento. Mesmo a satisfação de um desejo apenas suscita felicidade temporária; logo a seguir vem um novo desejo, de novo travado por mais um obstáculo, o que significa que  a existência é sempre luta, o sofrimento omnipresente, a felicidade efémera."

 

in "A vida num sopro" de José Rodrigues dos Santos

publicado por coisasquetais às 21:09
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 10 de Julho de 2009

Férias

 

Após 2 meses, pelo menos, estou de volta.

 

Passou o estágio em Beja,

Passaram os exames na Faculdade,

Saíram as notas,

E acabei o 3º ano - o ano barreira.

 

Que mais podia querer neste aspecto?

Nada.

Tendo em conta toda a ansiedade adjacente,

Foram os melhores resultados.

De férias já cedo, sem pesos nas costas, sem mais preocupações académicas.

 

A Praia.

O Mar.

O Campo.

As Férias.

 

As merecidas férias.

E tudo o que com elas vem:

O calor,

O sol,

O bem-estar,

E todos aqueles assuntos,

Que durante tanto tempo não pensei.

 

E todos aqueles assuntos,

Que foram momentaneamente,

Deixados para trás,

Porque outras responsabilidades se tornam sempre mais importantes.

tags: , ,
publicado por coisasquetais às 19:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds