"Na terra dos sonhos podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal..."

.posts recentes

. A vida em tempestade

. "Gato Esteves"

. Voei

. A Existência

. Férias

. Próxima paragem... Beja!

. O teu bem faz-me tão mal

. Estrutura monolítica das ...

. Humana vontade

. Não quero

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.favorito

. Perfumes

. "A nossa única riqueza é ...

. Caeiro e eu

. Porque...

. Amizade - o que é?

. Há coisas que nunca mudam

. Fazer o impossível

. Os direitos inalienáveis ...

. A nêspera

. Casamento

Sábado, 8 de Novembro de 2008

Cansada

 

Cansada de chorar em silêncio.

Cansada de passar o dia a fingir que não penso nisso.

E em muitas outras coisas.

Mas agora, principalmente nisso.

 

(Mas este "nisso"

Não é propriamente o "nisso"

Que descreverei aqui.

 

É só o "nisso"

Que me tem ocupado

É só o "nisso"

Que me tem destabilizado

É só o "nisso"

Que nada posso mudar

É só o "nisso"

Que acontece sempre aos outros

E nunca a nós mesmos)

 

Cansada de aceitar todas as injustiças

Cansada de não poder mudar o Mundo

De não poder mudar o meu Mundo.

Pelo menos não poder mudá-lo em coisas que não posso alcançar.

 

Cansada da solidão acompanhada.

Cansada de todos os dias esperar uma nova atitude.

Ou pelo menos uma atitude repetida,

Mas que fosse boa, que fosse com sentimento.

 

Cansada de esperar que cresças

Que abras os olhos para a vida

Que abras os olhos para a realidade

Que abras os olhos para aquilo que fazes.

 

Cansada de esperar mudança

Cansada de acordar todos os dias

E tudo estar igual, igual a sempre

Que corresponde a nada.

 

Cansada, cansada, cansada...

 

Mas um dia

O cansaço consome-me por completo.

 

Mas um dia

Já não vou mais cansar-me com isto.

 

Mas um dia

Vou resignar-me e...

 

E depois?

Depois vou seguir a minha vida,

sem este cansaço.

E talvez, aí, tu cresças.

tags: ,
publicado por coisasquetais às 17:05
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds