"Na terra dos sonhos podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal..."

.posts recentes

. A vida em tempestade

. "Gato Esteves"

. Voei

. A Existência

. Férias

. Próxima paragem... Beja!

. O teu bem faz-me tão mal

. Estrutura monolítica das ...

. Humana vontade

. Não quero

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.favorito

. Perfumes

. "A nossa única riqueza é ...

. Caeiro e eu

. Porque...

. Amizade - o que é?

. Há coisas que nunca mudam

. Fazer o impossível

. Os direitos inalienáveis ...

. A nêspera

. Casamento

Domingo, 2 de Dezembro de 2007

Preto, Branco, Cinzento

 

Quem segue o blog vê que é simples.

Duas cores de fundo. Cada post com um texto e uma imagem. Talvez uma parte em itálico. Não mais.

 

Eu sou assim. Simples.

Ou melhor, preto no branco.

Ou é ou não é. Não existem "senões".

Talvez por isso seja melhor dizer que o blog é simples, mas que eu não o sou.

 

Odeio os cinzentos. Sei que existem mas prefiro contorná-los.

Ou gosto, ou não gosto.

Ou quero, ou não quero.

Ou está certo, ou está errado.

Daí que me revolte com muitas coisas. Não gosto de meios termos. Não gosto de, como diz o povo "nem coiso nem sai de cima".

 

Sou como Caeiro. Identifico-me com ele.

Somos o que vemos. Poderia ser uma frase dele.

 

Já "há metafísica bastante em não pensar em nada".

Não é preciso metafísica para os cinzentos, porque estes são invenção humana.

 

Afinal de contas, cinzento é simplesmente uma mistura de duas cores: preto e branco.

sinto-me:
publicado por coisasquetais às 15:40
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De André a 4 de Dezembro de 2007 às 02:58
Pelo menos admites a existência do cinzento. A verdade é que as coisas não são só pretas ou brancas... mas pronto, enquanto as vires assim poupas 99% dos problemas. Porque preto só há um, branco também só há um, mas tons de cinzento há muitos.
De Vânia Caldeira a 4 de Dezembro de 2007 às 22:51
Tu realmente és mesmo preto no branco. A minha paleta, por outro lado, tem muitas cores. Por vezes demasidas... Cada pincelada abre-se num leque incerto, indeterminado, subjectivo - múltiplas interpretações, múltiplas dúvidas, medos... Enfim, pseudo-ingenuidade com força. Às vezes preferia ver o mundo mais a preto e branco. Noutras não.
Bj
De Nuno Bolas a 14 de Dezembro de 2007 às 01:27
Aí está uma coisa que admiro e sempre admirei em ti desde o início. A tua capacidade de seres directa e de dizeres na "cara" das pessoas tudo aquilo que pensas. O politicamente correcto impede-nos muitas vez de o fazer...estupidamente diga-se de passagem. Toda a gente devia ser assim, poupavam-se muitas confusões, muitas hipocrisias.
Quanto vezes isto não aconteceu? Não sei bem quantas náo...porque já lhes perdi a conta!
Enfim é a nossa sociedade.

Bjs

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds