"Na terra dos sonhos podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal..."

.posts recentes

. Próxima paragem... Beja!

. Dentista? Cirurgião? Barb...

. Estranha maneira de expli...

. Aberta a sessão

. "Agora, senta-te Carolina...

. Porque a partir de hoje.....

. Último esforço

. A Medicina e a sua histór...

. Como estou no princípio.....

. "Na terra dos sonhos..."

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.favorito

. Perfumes

. "A nossa única riqueza é ...

. Caeiro e eu

. Porque...

. Amizade - o que é?

. Há coisas que nunca mudam

. Fazer o impossível

. Os direitos inalienáveis ...

. A nêspera

. Casamento

Sexta-feira, 24 de Abril de 2009

Próxima paragem... Beja!

 

No domingo começam as minhas "jornadas" em Beja.

 

Um mês de estágio num hospital.

Um mês fora de casa, pela primeira vez.

Um mês sem os meus pais,

Um mês sem o conforto da minha casa,

Um mês sem o meu gato,

Um mês sem "os de sempre".

 

Um mês de mudança.

Um mês de novas experiências.

Um mês de estudos.

Um mês...

 

30 dias que parecem tanto,

30 dias que, no fim, certamente parecerão pouco.

30 dias que, sem qualquer dúvida, preciso

30 dias que preciso para mudar

30 dias que preciso para reflectir

30 dias que preciso para me pôr à prova.

 

Desejem-me sorte.

publicado por coisasquetais às 02:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Dezembro de 2008

Dentista? Cirurgião? Barbeiro?!

 

"As barbearias são aqui bastante singulares.

O símbolo dessas lojas é uma bacia,

e o profissional que aí trabalha acumula três profissões:

dentista,

cirurgião

e barbeiro."

 

in "1808" de Laurentino Gomes

publicado por coisasquetais às 02:00
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Abril de 2008

Estranha maneira de explicar as coisas

 

Encontrava-me nos meus devaneios de estudo, quando uma frase me suscitou maior atenção.

Não, é claro, por ser drasticamente importante.

Sim, porque quando estudamos temos mais tendência a memorizar aquilo que não interessa tanto.

Deve ser porque a vontade é muita.

Vou então transcrever o excerto:

 

"Enquanto as concentrações de corpos cetónicos estiverem elevadas, proteólise será restrita, e ocorrerá preservação de proteínas musculares e enzimas. Isso continua até que praticamente toda a gordura tenha sido consumida, como consequência do jejum. Depois de toda ela se esgotou, o corpo precisa de usar proteína muscular. Antes de ela se acabar - você se acabou."

 

in "Manual de Bioquímica com correlações clínicas" de Thomas Devlin

 

Estranha maneira de explicar as coisas em Medicina não?

Mas assim ao menos não esqueço de certeza.

publicado por coisasquetais às 01:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2008

Aberta a sessão

 

Acabaram as aulas.

Começou a época de exames.

Sem descanso, para variar.

 

Mas é assim.

Acho que já acabei por me habituar.

Apesar de não concordar minimamente.

Apesar de não descansar o que devia.

Apesar de me sentir estafada.

 

É estranho passar tanto tempo a estudar para cuidar das pessoas e às vezes isso servir de tão pouco.

É estranho que enquanto uns, como eu, estudam Medicina, outros como os políticos, fecham urgências, maternidades...

E deixam pessoas morrer simplesmente porque viviam a 200km das urgências mais próximas e não chegaram a tempo.

E deixam pessoas morrer porque o 112 não funciona como devia.

 

A vida é o bem mais precioso do Mundo. E há quem o despreze assim.

Deviam ter vergonha.

sinto-me:
publicado por coisasquetais às 21:01
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 16 de Dezembro de 2007

"Agora, senta-te Carolina."

 

Há dias bons. E há dias maus.

E há aqueles dias em que não podemos sair da cama. Ou melhor, não devíamos ter saído.

 

Sexta foi um desses dias.

Impressionante.

Tudo para correr bem, e corre tudo mal.

O mais frustrante é saber que não foi por falta de empenho, ou de vontade.

Foi porque o stress, em certos dias, é mais forte que todas as minhas forças.

E com isso, deitei fora uma oportunidade.

 

Estar na faculdade é isto mesmo.

É estudar e ter 10, não estudar e ter 10 na mesma.

É poder escolher quando se faz ou não faz uma cadeira.

É ter mil oportunidades para a fazer.

Mas não quer dizer que me sinta bem quando me acontece ter de o fazer noutra oportunidade.

 

Penso demasiado no futuro.

Penso que não quero nem posso deixar nada para trás, porque o curso já é longo e eu já fiquei um ano em espera para entrar.

Por outro lado, penso que esse ano não foi perdido. Aprendi e vivi o que era a faculdade pela primeira vez. E pela primeira vez soube o que é fazer exames sem stress. Mas foi só porque não era o curso que eu queria. Como se provou no ano que passou, e como se provou esta sexta-feira.

 

Por vezes surge-me a pergunta: "Porque não ficaste em Economia, Carolina?"

Se calhar estáva mais feliz.

Ou se calhar não.

Se calhar estáva menos cansada.

Ou talvez não.

 

Há dias em que penso se estou no curso certo.

Há dias em que tenho a certeza que estou.

 

Falo disto hoje porque pensei no assunto.

Não falei sexta-feira porque, como já disse noutro post, não gosto de escrever quando não estou mesmo bem comigo mesma.

 

E agora, que faço?

"Agora, senta-te Carolina. Senta-te, e espera calmamente que a crise passe."

 

sinto-me:
tags: , ,
publicado por coisasquetais às 19:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2007

Porque a partir de hoje... FÉRIAS!

 

É 1h00 da manhã.

Acabam hoje os testes. A partir das 12h10min estou oficialmente de "férias".

"Férias" porque tenho trabalhos para acabar, apresentações para fazer e preparar... Mas ao menos posso fazer uma pausa nos estudos, porque os testes acabam hoje.

 

Pena não serem num local como na foto.

 

Merecidas férias.

Estou de tal modo cansada que já nem quero saber.

Afinal de contas estou na faculdade, se não fizer hoje posso fazer amanhã. Ou depois.

Supostamente a faculdade é o tempo da rambóia, da borga, do divertimento, de fazer tudo em cima do joelho. Mas eu não posso fazer isso assim. Medicina é isto.

 

Mas como dizia um colega meu: "Há mais Mundo para além da Medicina!"

Tento convencer-me disto todos os dias.

Tento não me deixar cair na rotina de estudar sem parar e quando der por mim estar com os "neurónios sociais" atrofiados.

 

Neste momento posso dizer com orgulho, que os meus neurónios estão só cansados. ;)

sinto-me:
publicado por coisasquetais às 00:59
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2007

Último esforço

 

Aproveitando o que disse um amigo meu, e numa tentativa de recuperar forças para um último esforço esta semana transmito a seguinte frase:

 

"Another day... Just breathe!!!"

sinto-me:
tags: , ,
publicado por coisasquetais às 01:40
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 24 de Novembro de 2007

A Medicina e a sua história

 

Quem segue o blog já percebeu que frequento o curso de Medicina. E que sou também uma adepta de tudo o que são assuntos históricos, e por isso, resolvi relatar um pouco da história desta ciência que praticarei daqui a 4 anos.

 

Em termos gerais, pode definir-se Medicina como uma área do conhecimento ligada à restauração e manutenção da saúde, é a ciência prática da prevenção e cura das doenças.

 

Símbolo da Medicina

 

O símbolo da Medicina é o ceptro de Asclépio, nome grego para Esculápio, deus da Medicina e da cura entre Gregos e Romanos. Asclepius em grego significa cortar, curiosamente...

Este deus curava os doente e ressuscitava os mortos, daí que os médicos fossem chamados discípulos de Esculápio. Este era representado com o braço esquerdo apoiado num cajado ou galo - símbolo da vigilância - em volta do qual há uma serpente - símbolo da prudência. Este ceptro é o símbolo da Medicina.

 

Algumas partes da História da Medicina

 

Todas as sociedades humanas têm crenças que fornecem explicações e respostas para o nascimento, doença, morte. Durante muito tempo e em todo o Mundo, a doença foi atribuída a actos de bruxaria, intervenção do diabo, vontade dos deuses... Ideias que em certas sociedade podem ter ainda algum poder, nomeadamente através da cura pela fé nos santuários, por exemplo. Contudo, a Medicina científica e os seus desenvolvimentos nos séculos XIX e XX, alteraram muitas destas práticas.

 

Hipócrates viveu em 300 A.C. e é considerado o pai da Medicina. Utilizava explicações sobrenaturais para as doenças, mas, apesar da limitação do conhecimento médico e científico da época, foi ele o percursor do chamado "pensamento científico" ao procurar detalhes nas doenças dos seus pacientes e tentando chegar a um diagnóstico.

 

No primeiro século da era cristã, Claúdio Galeno, médico grego, deu contribuições importantes para o desenvolvimento da Medicina baseadas em dissecações de animais.

 

Na Idade Média, algumas ordens religiosas assumiram o controle da "arte de curar" através dos chamados "preparados", feitos essencialmente à base de plantas a que eram atribuídas propriedades curativas. Deixavam para os barbeiros, que já sabiam mexer com a navalha, a drenagem de abcessos e a remoção de "pequenas imperfeições" no pénis. A formação de secreções purulentas era considerada normal e saudável.

 

Em 1865, Louis Pasteur, após várias experiências provou que certos tipos de infecções eram provocadas por agentes animados, e partindo deste conceito desenvolveu a pasteurização (processo de conservação de alimentos).

 

Também no mesmo ano, Lister aplicou pela primeira vez uma solução anti-séptica num paciente com fracturas complexas, com efeito profilático na infecção.

 

Em 1928, Alexander Fleming descobriu a penicilina ao observar que colónias de bactérias não cresciam próximo de um fungo que tinha contaminado algumas placas de Petri com cultura. Surge a era dos antibióticos - permitindo aos médicos curar infecções que até então eram consideradas mortais.

 

"A evolução deste então não parou. A eterna luta do Homem contra a morte entrou numa nova etapa, cada vez mais moderna e cada vez mais cara."

sinto-me:
publicado por coisasquetais às 20:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

Como estou no princípio...

Já é o terceiro post hoje. É a novidade que me faz querer experimentar e escrever.

 

Há certas coisas que às vezes me apetece dizer e que não digo tantas vezes como queria.

E vai daí:

 

- Gostava de acordar mais cedo do que acordo

- Gosto de ir ao café à noite todos os dias

- Gosto de chá

- Gosto de conversar

- Gosto de comprar roupa. E de a vestir, claro.

 

- Adoro o BENFICA

- Adoro o meu gato

- Adoro o meu curso (apesar de por vezes me apetecer dizer o contrário)

- Adoro o meu carro

 

E por agora acho que é só.

Claro que adoro os meus amigos e família, mas isso digo-o mais vezes do que estas coisas que mencionei agora.

Estáva a precisar de me relembrar de algumas coisas que me fazem sorrir. =)

 

 

 

sinto-me:
publicado por coisasquetais às 02:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

"Na terra dos sonhos..."

 

"Na terra dos sonhos podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal..."

 

Uma das minhas frases favoritas que está presente numa música de Jorge Palma.

 

Cada um tem uma terra de sonhos, a minha seria parecida com a imagem deste post. Ou talvez não?

 

Por uma semana sim seria a minha terra de sonhos. Talvez 15 dias. Um mês no máximo. Porque a vida pede energia e pede movimento e porque eu não sou capaz de ficar parada. Porque ficar parada no sofá a ver televisão mais do que o tempo necessário para ver um episódio de uma série que goste, ou um jogo do Benfica ou o telejornal, tira-me do sério.

 

Talvez por isso tenha escolhido este curso: Medicina.

E talvez por essa escolha que fiz sentir que estou a precisar de uma praia daquelas.

 

Mas já esteve mais longe, afinal de contas, já só faltam 4 anos ;)

publicado por coisasquetais às 02:24
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds