"Na terra dos sonhos podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal..."

.posts recentes

. A vida em tempestade

. "Gato Esteves"

. Voei

. A Existência

. Férias

. Próxima paragem... Beja!

. O teu bem faz-me tão mal

. Estrutura monolítica das ...

. Humana vontade

. Não quero

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.favorito

. Perfumes

. "A nossa única riqueza é ...

. Caeiro e eu

. Porque...

. Amizade - o que é?

. Há coisas que nunca mudam

. Fazer o impossível

. Os direitos inalienáveis ...

. A nêspera

. Casamento

Sexta-feira, 16 de Novembro de 2007

Os poderes do chá

 

Não, não se trata de um anúncio da Lipton.

Nem de uma daquelas idealogias que acredita nos poderes revitalizadores da mente através do chá.

 

O chá é originalmente uma infusão de botões ou folhas da planta Camellia sinensis. Contudo, a palavra chá é utilizada hoje em dia para qualquer tipo de infusão de ervas ou frutos que seja preparada com água quente.

 

Os primeiros a ter contacto com o chá, que veio dos lados do Japão, foram os portugueses. No tempo dos Descobrimentos que já lá vão, no tempo de D. Sebastião que um dia iria voltar. O Encoberto nunca mais ninguém o viu e Descobrimentos... Só se forem de mais vigarices, burlas, e enganos que o nosso governo "descobre" e nos serve todos os dias à mesa. Mas não era sobre isto que eu queria falar... Talvez outro dia.

 

Como já disse anteriormente, gosto de chá. Esteja calor ou esteja frio.

Não gosto do chá demasiado quente, morno é o ideal. No Verão ponho gelo, 2 a 3 pedras.

O meu preferido é o tradicional chá preto. Também gosto do de limão, e de alguns de frutas. Mas chás de camomila e coisas que tais... Nem vê-los.

Da mesma maneira que não acredito em poderes do chá, a não ser obviamente, no "poder" diurético que têm. Chás para o sono, chás para acalmar... Não.

Bebo chá porque gosto, porque é bom, porque sabe bem beber um cházinho à noite. Ou a qualquer outra hora do dia.

 

Por falar nisso... Vou agora beber um. Preto. Para não variar.

sinto-me:
publicado por coisasquetais às 01:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

O significado do beijo

Beijo... O que significa um beijo?

 

Podes dar um beijo de várias maneiras e feitios. Mas qual o seu significado?

A meu ver, a sociedade tende a atribuir a várias coisas um significado imposto, que depois acaba por se tornar uma regra social, uma conduta. Daí que se atribua quase sempre o beijo a um acto com amor, com paixão. Mas não tem que ser sempre assim.

 

É realmente um acto que a maioria das pessoas considera como mais íntimo, pelo menos para os nossos lados da Europa. Pois... Porque na Rússia, por exemplo, as pessoas cumprimentam-se com um beijo na boca, equivalente aos nossos dois beijinhos na cara.

 

Eu queria aqui só mostrar que um beijo pode significar apenas felicidade.

E é por isso que deixo aqui esta imagem tão conhecida, de um beijo entre um marinheiro e uma enfermeira que não se conheciam, no dia em que findou a IIª Guerra Mundial.

A reflexão deixo ao critério de cada um.

 

 

 

sinto-me:
publicado por coisasquetais às 17:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007

Estações e Tempo

 

O Tempo passa depressa, todos damos por isso. Mas o passar do mesmo costuma ser acompanhado pelas estações do ano... Onde estão elas?

O Verão que passou podia ter sido bem mais quente. Não me lembro de me sentir a "assar" na praia. Nem de sair à noite sem uma camisola vestida.

 

Estamos em Novembro. Supostamente no Outono. Mas só sabemos isso porque as folhas caem, e porque já existe aquela cor amarelada ou acastanhada nas ruas. Mas e frio? Não vem. Pelo menos durante a tarde há umas horas em que bem se pode estar de t-shirt na rua. Aliás, um pouco mais que isso e já começamos a sentir calor.

 

Não é que eu seja adepta do frio. Sinceramente não sou muito. Gosto muito mais do Verão e do calor. Até porque, normalmente, Verão é sinónimo de férias. Mas confesso que já sinto falta de sair de manhã de casa, num dia de frio, em que está céu limpo, um sol radioso, em que ao falarmos expelimos aquele vapor, em que temos de pôr as mãos dentro do casaco ou calçar luvas.

 

Também já não chove há muito. E sinceramente não gosto nada de chuva. Sim é necessária, essa conversa toda, blabla... Mas estou a falar dos meus gostos. E não gosto de chuva. Ah... e também não gosto de chapéus de chuva. Ou seja, quando chove não os uso, ou pelo menos, não os uso a maioria das vezes. A chuva só incomoda, ficamos molhados, nunca há sítio para pousar o chapéu de chuva sem encharcar tudo, às vezes acontece estar na paragem de autocarro e levar com aquela água "limpinha" das poças... Não, chuva não é para mim.

 

Mas sim, tenho saudades do frio, daqueles dias como referi antes, frios mas bonitos.

Tenho saudades de usar roupa mais quente, de me sentir mais aconchegada.

 

Outono... Onde estás tu?

sinto-me:
publicado por coisasquetais às 14:35
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

"Encosta-te a mim..."

 

"Encosta-te a mim,

nós já vivemos cem mil anos

(...)

 

Tudo o que eu vi,

estou a partilhar contigo

o que não vivi, hei-de inventar contigo

sei que não sei

às vezes entender o teu olhar

mas quero-te bem,

encosta-te a mim."

 

Mais uma vez uma letra de Jorge Palma.

 

Apesar de "as gentes" dizerem que é um bebâdo, eu gosto de algumas músicas. Acho que se aprende a gostar de algumas músicas, nomeadamente das de Jorge Palma. Não gosto de todas, longe disso, mas aprende-se a gostar.

 

Esta letra deixa-me feliz.

É um acreditar que é possível partilhar com alguém os momentos mais importantes da nossa vida, incluindo nestes os momentos felizes mas também os menos felizes.

É acreditar que se pode confiar, que se pode conversar, que se pode rir, sorrir, brincar... Mas também discutir quando é preciso, ou ficar triste quando esperávamos outra atitude.

 

20 anos é pouco para saber o que é "viver cem mil anos". ´

Mas é suficiente para aprender com as experiências e com as vivências que já passei. E uma coisa é certa...

Primeiro estamos nós, primeiro é preciso gostar de nós e gostar muito, para que se possa ter sentimentos como os expressos na música que referi.

E aí sim, podemos gostar dos outros.

sinto-me:
publicado por coisasquetais às 00:13
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

Gatos e Pessoa

 

"Gato que brincas na rua

Como se fosse na cama

Invejo a sorte que é tua

Porque nem sorte se chama.

 

Bom servo das leis fatais

Que regem pedras e gentes

Que tens instintos gerais

E sentes só o que sentes.

 

És feliz porque és assim

Todo o nada que és, é teu

Eu vejo-me e estou sem mim

Conheço-me e não sou eu."

 

Fernando Pessoa

sinto-me:
publicado por coisasquetais às 10:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Como estou no princípio...

Já é o terceiro post hoje. É a novidade que me faz querer experimentar e escrever.

 

Há certas coisas que às vezes me apetece dizer e que não digo tantas vezes como queria.

E vai daí:

 

- Gostava de acordar mais cedo do que acordo

- Gosto de ir ao café à noite todos os dias

- Gosto de chá

- Gosto de conversar

- Gosto de comprar roupa. E de a vestir, claro.

 

- Adoro o BENFICA

- Adoro o meu gato

- Adoro o meu curso (apesar de por vezes me apetecer dizer o contrário)

- Adoro o meu carro

 

E por agora acho que é só.

Claro que adoro os meus amigos e família, mas isso digo-o mais vezes do que estas coisas que mencionei agora.

Estáva a precisar de me relembrar de algumas coisas que me fazem sorrir. =)

 

 

 

sinto-me:
publicado por coisasquetais às 02:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

"Na terra dos sonhos..."

 

"Na terra dos sonhos podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal..."

 

Uma das minhas frases favoritas que está presente numa música de Jorge Palma.

 

Cada um tem uma terra de sonhos, a minha seria parecida com a imagem deste post. Ou talvez não?

 

Por uma semana sim seria a minha terra de sonhos. Talvez 15 dias. Um mês no máximo. Porque a vida pede energia e pede movimento e porque eu não sou capaz de ficar parada. Porque ficar parada no sofá a ver televisão mais do que o tempo necessário para ver um episódio de uma série que goste, ou um jogo do Benfica ou o telejornal, tira-me do sério.

 

Talvez por isso tenha escolhido este curso: Medicina.

E talvez por essa escolha que fiz sentir que estou a precisar de uma praia daquelas.

 

Mas já esteve mais longe, afinal de contas, já só faltam 4 anos ;)

publicado por coisasquetais às 02:24
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Hoje

 

Faço 20 anos hoje e achei que era altura de experimentar esta história dos blogs.

Sinceramente não tinha ainda tido disponibilidade mental, ou melhor dizendo, paciência, para me meter nisto.

 

Chamei-lhe coisas que tais por ser um blog sobre tudo e sobre coisa nenhuma, que é exactamente o que traduz o título.

 

Espero gostar de escrever aqui o que me vai na cabeça, e que os que lerem apreciem.

sinto-me:
publicado por coisasquetais às 02:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds