"Na terra dos sonhos podes ser quem tu és, ninguém te leva a mal..."

.posts recentes

. A vida em tempestade

. "Gato Esteves"

. Voei

. A Existência

. Férias

. Próxima paragem... Beja!

. O teu bem faz-me tão mal

. Estrutura monolítica das ...

. Humana vontade

. Não quero

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.favorito

. Perfumes

. "A nossa única riqueza é ...

. Caeiro e eu

. Porque...

. Amizade - o que é?

. Há coisas que nunca mudam

. Fazer o impossível

. Os direitos inalienáveis ...

. A nêspera

. Casamento

Sábado, 24 de Novembro de 2007

"Põe quanto és no mínimo que fazes..."

 

Fernando Pessoa mais uma vez.

Nunca fui muito fã de poesia, a prosa tem mais a ver comigo. Mas a poesia de Pessoa ultrapassa qualquer outra.

Pessoa escreve sobre tudo e sobre nada. Sobre o Mundo e sobre o eu. E conseguiu aquilo que muitos de nós desejam: ficar para a História de alguma maneira. Fernando Pessoa é simplesmente o marco da poesia portuguesa.

Por isso, deixo aqui mais um poema.

 

"Para ser grande, sê inteiro: nada

Teu exagera ou exclui.

Sê todo em cada coisa. Põe quanto és

No mínimo que fazes.

Assim em cada lago a lua toda

Brilha, porque alta vive."

 

Ricardo Reis

 

Este poema exalta o eu de qualquer um. Principalmente o meu.

sinto-me:
publicado por coisasquetais às 19:06
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Nikas a 24 de Novembro de 2007 às 19:29
Tenho de concordar contigo, não sou grande fã de Poesia, mas adoro os poemas de Pessoa, tem uma grande diferença dos outros Poetas.
Este poemas de Pessoa fazem-nos pensar.

Beijo Fica bem

De Dreamfinder a 25 de Novembro de 2007 às 11:06
Escusado será dizer que adoro este poema. E claro que sabes porquê: é do heterónimo pseudo-ingénuo que eu adoro - Ricardo Reis.. lol .
Em poucas palavras deixa inextinguíveis lições de vida, que nos tornam mais completos, mais verdadeiros, mais dedicados... Porque as nossas ambições são grandes, temos de nos fazer brilhar em cada lago, dando o melhor de nós em tudo o que fazemos para, assim, assegurarmos um brilho límpido, eterno e alto, o brilho do sucesso, o brilho da conquista. Beijinho grande.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds